Saturday

PAVLOVA DE FRUTAS (A tradicional Pavlova Australiana)

27 Jun 2010




Quando fomos desafiados a fazer Pavlova de Chocolate, não resisti a fazer, também, a tradicional Pavlova Australiana, que é de frutas. Esta é uma sobremesa muito simples de fazer mas que faz bonito  até mesmo em ocasiões especiais, além de ser uma delícia. As frutas podem ser variadas à vontade, conforme as frutas da época. Imagino que uma Pavlova de Maracujá seja um verdadeiro manjar dos Deuses. Na primeira oportunidade que eu tiver quando visitar o Brasil, farei esta versão. Por enquanto, vamos nos contentando com cerejas e kiwis!




Receita adaptada, gentilmente cedida por Audax Artifex


Pavlova (merengue):


Ingredientes:


4 colheres de chá de amido de milho
6 claras de ovos
1 colher de chá de cremor de tártaro (ou 1/2 colher de chá de sal)
1 e 1/3 de xícara de açúcar
1 colher de chá de extrato de baunilha
1 colher de chá de vinagre branco


Modo de fazer:


Pré aqueça o forno a 200’C. Forre um tabuleiro com papel manteiga culinário e espalhe uma das colheres de chá de amido de milho da receita. Reserve.
Bata as claras e o cremor de tártaro (ou sal) e quando começarem a encorpar e formarem picos moles, comece a acrescentar o açúcar, uma colher de cada vez, batendo sempre. Acrescente o amido restante junto com a última colherada de açúcar. Continue batendo até que fique bem firme e o açúcar tenha se dissolvido completamente. Para verificar este ponto, esfregue um pouquinho de merengue entre os dedos. Se não sentir nenhuma granulação, estará no ponto.
Junte, então, a baunilha e o vinagre, mexendo, sem bater, até que fique tudo bem incorporado.
Despeje todo o merengue no centro do tabuleiro forrado e modele com as costas de uma colher. Se desejar, poderá fazer uma cavidade mais profunda no centro para acomodar uma quantidade maior de creme chantilly  no final.




Reduza a temperatura do forno para 100’C. Se seu forno não tiver esta graduação, regule a chama para o mínimo que conseguir e deixe a porta do forno entreaberta, usando uma colher de pau para segurar a porta.
Asse por aproximadamente 1 hora e meia a duas horas, verificando de vez em quando. Estará pronta quando estiver ligeiramente corada por fora e o interior estiver ainda macio. 




Apague o forno e deixe que o merengue esfrie completamente dentro do forno.


Cobertura:

Ingredientes:

200ml de creme de leite fresco (ou a gosto)
1 ou 2 colheres de sopa de açúcar (ou a gosto)
250g de frutas frescas (ou a gosto)

Modo de fazer:

Bata o creme de leite com o açúcar até ponto de chantilly. Junte a baunilha e misture bem.
Cubra a Pavlova com o creme e distribua as frutas por cima.


Outra sugestão é fazer pavlovas pequenas para servir como porções individuais, como estas que fiz como teste. 



Neste caso, elas assam na metade do tempo. Observem que o merengue ficou meio granulado e isso foi porque o açúcar  não dissolveu adequadamente, ou seja, deveria ter batido o suspiro por mais tempo. O sabor e a textura, no entanto, não ficaram alterados. Mais uma lição aprendida!



11 comments:

  1. Renata that is perfection you really did a great job on this classic recipe. And I just love the small ones also. Cheers from Audax in Sydney Australia.

    ReplyDelete
  2. Também achei muito bonitas essas aqui. fiquei com água na boca...

    ReplyDelete
  3. I came to see your DB pavlovas, and they are gorgeous, especially with the white chocolate decorations! These ones with the fresh fruit are my favourite way to have pavlova. Superb job on this challenge!

    ReplyDelete
  4. What a splendid pavlova! A wonderful summer dessert!

    Cheers,

    Rosa

    ReplyDelete
  5. EU VI ONTEM NO MASTER CHEF ELES A FAZEREM A PAVLOVA MAS FIQUEI SEM SABER O TEMPO E TEMPERATURA DO FORNO ASSIM COMO A QUANTIDADE DE CLARAS DE OVO OBRIGADO POR AJUDAR E DESEJA-ME SORTE COM ESTA ESPECIALIDADE AUSTRALIANA.

    ReplyDelete
  6. lindas pavlovas.....primeiro comem os olhos depois vem as calorias....

    ReplyDelete
  7. Eu bato manualmente ou com a batedeira?

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu usei a batedeira. Claro que pode ser batido manualmente, mas vai te dar uma canseira ;o)

      Delete
  8. Replies
    1. Oi Julia, vai depender do apetite mas creio que umas 8 a 10 porções.

      Delete
  9. Ahhh o meu não deu certo!! Não ficou sequinho como suspiro! Segui a receita, assei com o forno entreaberto, mas ficou mole! :-(

    ReplyDelete

Devido ao grande número de mensagens de "spam", Testado, Provado & Aprovado não aceita mais comentários anônimos. Desculpem o transtorno.

Due to the large number of spam messages, Testado, Provado & Aprovado no longer accepts anonymous comments. Sorry for the inconvenience.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...